Relato de caso de adolescente suspeito de infecção pelo novo coronavírus

Publicado
2020-12-06
Palavras-chave: COVID-19, SARS-COV-2, SRAG, Adolescente, Sepse, Miocardiopatia, Febre, Dispneia

    Autores

  • Aline Martins Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Andressa Brito Cozac Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Anna Giullia Bruci Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Anna Laura Prudente Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Rodrigo Alves Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Pedro Gomes Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Anápolis, Goiás.
  • Pedro Henrique Alves Santa Casa de Misericórdia de Araguari.

Resumo

O presente estudo trata-se de um relato de caso de um adolescente procedente de Anápolis – GO que iniciou um quadro gripal leve e evoluiu com febre persistente e desconforto respiratório. Admitido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com sinais de sepse e critérios para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Durante propedêutica, evidenciou-se exame de reação em cadeia da polimerase retrógada (RT-PCR) para SARS-COV2 positivo e achados de Miocardiopatia com fração de ejeção reduzida, provavelmente, secundária ao choque séptico. Manejado em leito de CTI com intubação orotraqueal e ventilação mecânica, utilizando-se os protocolos de curarização precoce e ventilação protetora. A luz do perfil epidemiológico, destacou-se aglomeração social na família e pais tabagistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Protocolo de Tratamento de Influenza 2017 [Recurso Eletrônico] - Brasília - DF, 2018. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolo_tratamento_influenza_2017.pdf>. Acesso em: 11 jun. 2020.

DE FIGUEIREDO, Vânia Chaves et al. Disfunção cardíaca secundária a sepse: o que sabemos? Revista Científica de Medicina Veterinária. n. 25. ano XIII, p. 1-12, 2015.

FANG, Lei et al. Are patients with hypertension and diabetes mellitus at increased risk for COVID-19 infection? The Lancet. Respiratory medicine, v. 8, n. 4. 2020.

FOOD AND DRUG ADMINISTRATION. FDA advises patients on use of non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) for COVID-19. Recurso Eletrônico. Março, 2020.

GOLDENZON, Andrea Valentin; RODRIGUES, Marta Cristine Felix; DINIZ, Christianne Costa. Febre reumática: revisão e discussão dos novos critérios diagnósticos. Revista de Pediatria SOPERJ, Vol.16, n° 3, p 30-35, 2016.

HUANG, Chaolin et al. Clinical features of patients infected with 2019 novel coronavirus in Wuhan, China. The lancet, v. 395, n. 10223, p. 497-506, 2020.

ILAS. Instituto Latino-Americano de Sepse. Campanha de sobrevivência a sepse protocolo clínico pediátrico. Versão 3 - Revisão: fevereiro de 2019. [Recurso eletrônico] Disponível em: https://ilas.org.br/assets/arquivos/ferramentas/pediatria/protocolo-de-tratamento-pediatria.pdf. Acesso em: 11 jun. 2020.

KLIEGMAN, Robert M. et al. Nelson, tratado de pediatria - 18.ed. - Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

LAZARIDIS, C. et al. Involvement of cardiovascular system as the critical point in coronavirus disease 2019 (COVID-19) prognosis and recovery. Hellenic Journal of Cardiology, 10 jun. 2020.

Moore, Nicholas et al. “Does Ibuprofen Worsen COVID-19?” Drug Safety, 1–4. 11 de junho, 2020.

OMS, Organização Mundial da Saúde. “Question: Could #ibuprofen worsen disease for people with #COVID19? Answer: Based on currently available information, WHO does not recommend against the use of of ibuprofen.” 18, Março. 2020. Twitter: @WHO.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. The use of non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) in patients with COVID-19: Scientific brief. Abril, 2020.

Como Citar
MARTINS, A. R. .; COZAC, A. B.; BRUCCI, A. G. C. .; PRUDENTE, A. L. R.; FILHO, R. A. S. .; BARROS, P. G.; SILVA, P. H. A. Relato de caso de adolescente suspeito de infecção pelo novo coronavírus. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 5, n. 10, p. 29-34, 6 dez. 2020.