Suspeita de infecção pelo novo coronavírus em lactente venezuelana com Síndrome Respiratória Aguda Grave

Autores

  • Isabella Menezes de Resende Amador IMEPAC
  • Jully Oliveira Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Gabriela Zumpano
  • Nathália Machado Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos
  • Nelson Donizete Santa Casa de Misericórdia de Araguari.
  • Sabrina Alvim Santa Casa de Misericórdia de Araguari.
  • Júlia Tainah Santa Casa de Misericórdia de Araguari.

DOI:

https://doi.org/10.47224/rm.v5i10.145

Palavras-chave:

COVID-19, Pediatria, Pneumonia, SRAG, SARS-COV-2, IsolamentoHospitalar

Resumo

Relato de caso de lactente de 1 ano e 1 mês, venezuelana, que imigrou para o Brasil em fevereiro de 2020 que, com histórico de pneumonia, desenvolveu sintomas respiratórios considerados suspeitos de infecção por COVID-19. Possui antecedentes de broncoespasmo, ausência de suplementação de ferro e imunização desatualizada. Os determinantes sociais influenciaram diretamente no enredo clínico presente, principalmente o idioma distinto, tanto da criança quanto dos seus genitores, além disso, o cenário atual de pandemia pelo SARS-COV-2, agregaram complexidade à perspectiva.  Dessa forma, foi traçado um plano de cuidados individual e familiar congruente às necessidades dentro do contexto do Sistema Único de Saúde, capaz de alcançar resultados satisfatórios e duradouros no que tange ao alívio dos sintomas, fortalecimento e melhoria do bem-estar geral da paciente, bem como a contrarreferência para a atenção primária com o intuito de um cuidado continuado à família.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelson Donizete, Santa Casa de Misericórdia de Araguari.

Orientador

Sabrina Alvim, Santa Casa de Misericórdia de Araguari.

coorientadora

Júlia Tainah, Santa Casa de Misericórdia de Araguari.

coorientadora

Referências

ARRUDA-BARBOSA, Loeste de; SALES, Alberone Ferreira Gondim; TORRES, Milena Ellen Mineiro. Impacto da migração venezuelana na rotina de um hospital de referência em Roraima, Brasil. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, v. 24, p. e190807, 2020.

DA SILVA, Sandra Rodrigues et al. Impacto da vacina antipneumocócica 10‐valente na redução de hospitalização por pneumonia adquirida na comunidade em crianças. Revista Paulista de Pediatria, v. 34, n. 4, p. 418-424, 2016.

LAGO, P. et al. Recomendações para Atendimentos de Casos Suspeitos de COVID-19 em Emergências Pediátricas Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE). 2020.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Consenso sobre anemia ferropriva: mais que uma doença, uma urgência médica! Departamentos de Nutrologia e Hematologia-Hemoterapia. 2018.

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

AMADOR, I. M. de R.; CHAGAS, J. A. O. .; OLIVEIRA, G. C. Z. .; MACHADO, N. O. Q.; JÚNIOR, N. D. F.; ARAÚJO, S. de O. A. .; RODRIGUES, J. T. A. S. . Suspeita de infecção pelo novo coronavírus em lactente venezuelana com Síndrome Respiratória Aguda Grave. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 5, n. 10, p. 24–28, 2020. DOI: 10.47224/rm.v5i10.145. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/145. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Simp´ósio de Pediatria e COVID-19

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)