A Análise de recidiva de Pterígio em pacientes submetidos à exérese com uso de Mitomicina C em uma clínica de oftalmologia de Uberlância – MG

Autores

  • Daniela Jacó Fernandes IMEPAC Centro Universitário
  • Arthur Franzão Gonçalves IMEPAC Centro Universitário
  • Cayo Rodovalho Nascimento
  • Troy Richard Carneiro Filho

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v8i15.424

Palavras-chave:

Pterígio; Mitomicina C; Exérese cirúrgica; Terapia adjuvante; Recidiva

Resumo

Introdução: O pterígio é uma lesão inflamatória crônica de etiologia multifatorial que acomete o tecido conjuntivo da córnea e é induzido, entre outros fatores de risco, principalmente pela exposição à radiação ultravioleta. O tratamento é comumente realizado por exérese simples da esclera, porém apresenta alta taxa de recorrência pós-operatória. A Mitomicina C tem sido bastante estudada nas últimas décadas como terapia adjuvante de escolha capaz de reduzir a taxa de recidiva de pterígio sem provocar complicações oculares graves. Objetivos: Analisar a prevalência de recidiva do pterígio em pacientes de uma clínica de Uberlândia-Mg submetidos a exérese cirúrgica associado ao uso de mitomicina C. Método: Estudo transversal retrospectivo, de teor quantitativo, descritivo e documental realizado por meio da análise de 376 prontuários de pacientes maiores de 18 anos que foram submetidos a exérese simples de pterígio em associação ao uso de Mitomicina C no período de 2011 a 2019 em uma clínica no município de Uberlândia-MG, no Brasil. Resultados: Foi encontrada uma prevalência de 0,05% de recidiva de pterígio na amostra de 376 prontuários. Conclusão: Não houve diferenças estatisticamente significativas da prevalência de recidiva do pterígio nos anos pesquisados (2011-2019). Ademais, o resultado obtido evidencia que a administração intra e pós-operatória da Mitomicina C apresenta eficácia contra a recidiva do pterígio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ADRIANO, Leidiane et al. Correlação entre o pterígio presumível com olho seco e com fatores de risco sistêmicos e oculares. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, v.1, p 1-8, 2021. Disponível em https://www.scielo.br/j/abo/a/G5TtzbqchJV9zx3sQPrjSWD/?lang=en&format=pdf. Acesso em 01 de nov. 2021.

AIDENLOO, NaserSamadi; MOTARJEMIZADEH, Qader; HEIDARPANAH, Maryam. Fatores de risco para recorrência de pterígio após autoenxerto límbico-conjuntival: uma investigação retrospectiva em um único centro. Jornal japonês de oftalmologia , v. 62, n. 3, pág. 349-356, 2018. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29549462/. Acesso em 01 de nov. 2021.

CHU, Wai K. et al. Pterígio: novos insights. Eye (London), v. 34, n. 6, p. 1047-1050, 2020. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7413326/. Acesso em 24 de set. 2021.

DOS SANTOS MARTINS, Thiago Gonçalves et al. Avaliação do efeito antimitótico e antiangiogênico da aplicação subconjuntival pré-operatória de mitomicina C no pterígio primário: um ensaio randomizado. Oftalmologia internacional, v. 39, n. 11, p. 2435-2440, 2019. Disponível em https://link.springer.com/article/10.1007/s10792-019-01081-0. Acesso em 02 de nov. 2021.

FERNANDES, Arthur G. et al. Pterígio em adultos da Amazônia brasileira: prevalência, estado visual e erros refrativos. British JournalofOphthalmology, v. 104, n. 6, p. 757-763, 2020. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31533928/. Acesso em 25 de set. 2021.

GULANI, Arun C.; GULANI, Aaishwariya A. Cirurgia estética de pterígio: técnicas e resultados em longo prazo. ClinicalOphthalmology (Auckland, NZ), v. 14, p. 1681-1687, 2020. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32606583/. Acesso em 25 de set. 2021.

GUO, Qie et al. A mitomicina C em baixa dosagem diminui a taxa de recorrência pós-operatória do pterígio ao perturbar a via de sinalização inflamatória do NLRP3 e suprimir a expressão de fatores inflamatórios. Journalofophthalmology, v. 2019, p 1-10, 2019. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6885197/. Acesso em 25 de set. 2021.

KAM, Ka Wai; YOUNG, Alvin L. Resultados de quinze anos de um ensaio clínico randomizado comparando 0,02% de mitomicina C, enxerto autólogo de conjuntiva límbica e mitomicina C combinada com autoenxerto conjuntival límbico em cirurgia de pterígio recorrente. Arquivo de Graefe para Oftalmologia Clínica e Experimental, v. 257, n. 12, p. 2683-2690, 2019. Disponível em https://link.springer.com/article/10.1007/s00417-019-04499-5. Acesso em 02 de nov. 2021.

MARTINS, Thiago Gonçalves dos Santos et al. Mitomicina C no tratamento do pterígio. Jornal internacional de oftalmologia, v. 9, n. 3, p. 465-468, 2016. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4844053/. Acesso em 02 de nov. 2021.

MONTEIRO, Elber. Cirurgia de Pterígio: Eficácia e Complicações - O Papel do Ortoptista. 2018. 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade do Mindelo, São Vicente, 2019. Disponível em http://193.136.21.50/bitstream/10961/5255/1/Cirurgia%20de%20Pter%c3%adgio%20-%20efic%c3%a1cia%20e%20complica%c3%a7%c3%b5es%20FINAL.pdf. Acesso em 01 de nov. 2021.

NUZZI, Raffaele; TRIDICO, Federico. Como minimizar as taxas de recorrência de pterígio: perspectivas clínicas. ClinicalOphthalmology (Auckland, NZ), v. 12, p. 2347-2362, 2018. Disponível em https://www.dovepress.com/how-to-minimize-pterygium-recurrence-rates-clinical-perspectives-peer-reviewed-fulltext-article-OPTH. Acesso em 02 de nov. 2021.

OLIVEIRA, Kenny. Caracterização dos Graus de Pterígio nas Diferentes Faixas Etárias. 2018. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade do Mindelo,São Vicente, 2019. Disponível em http://portaldoconhecimento.gov.cv/bitstream/10961/5269/1/TCC%20Kenny%20final.pdf. Acesso em 01 de nov. 2021.

PATEL, Ekta D.; RHEE, Michelle K. Técnicas cirúrgicas e adjuvantes para o tratamento do pterígio. Olhos e lentes de contato, v.1, p 1-13, 2021. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34686641/. Acesso em 02 de nov. 2021.

REDA, Ahmed Mohamed; SHAABAN, Yasmine Maher Mohamed; EL-DIN, Somaia Ahmad Saad. Parâmetros histopatológicos em pterígios e correlações clínicas significativas. Journal of ofthalmic& vision research, v. 13, n. 2, p. 110-118, 2018. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5905302/. Acesso em 02 de nov. 2021.

REZVAN, Farhad et al. Prevalência e fatores de risco de pterígio: uma revisão sistemática e meta-análise. Pesquisa de oftalmologia, v. 63, n. 5, p. 719-735, 2018. Disponível emhttps://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29551597/. Acesso em 25 de set. 2021.

RIM, Tyler Hyungtaek et al. A incidência e prevalência de pterígio na Coreia do Sul: um estudo de coorte coreano de base populacional de 10 anos. PLoSOne. v. 12, n.3, p 1-10, 2017. Disponível em https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0171954. Acesso em 02 de nov. 2021.

ROMANO, Vito, et al. Evidência adicional para a hereditariedade do pterígio. OphthalmicGenet. v. 37, p. 434-436, 2016. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26933759/. Acesso em 02 de nov. 2021.

SHAHRAKI, Toktam; ARABI, Amir; FEIZI, Sepehr. Pterígio: uma atualização na fisiopatologia, características clínicas e tratamento. Therapeutic Advances in Ophthalmology, v. 13, p. 1-21, 2021.Disponívelemhttps://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34104871/.Acesso em 25 de set. 2021.

TOZZATTI, Paula Renata Caluff et al. Impacto da Excisão do Pterígio na refração objetiva: Qual o melhor momento para a correção refrativa?.Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 22, p. 847-847, 2019. Disponível em https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/847/442. Acesso em 26 de set. 2021.

WAGDY, Faried M. et al. Avaliação do Autoenxerto Conjuntival Aumentado com Aplicação de Mitomicina C versus Implante de Ologen no Tratamento Cirúrgico de Pterígio Recorrente. JournalofOphthalmology, v. 2021, p 1-7, 2021. Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33505715/. Acesso em 25 de set. 2021.

WANZELER, Ana Cláudia Viana et al. Mecanismos e candidatos a biomarcadores no desenvolvimento do pterígio. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, v. 82, n. 6, p. 528-536, 2019. Disponível em http://www.aboonline.org.br/details/5909/en-US/mechanisms-and-biomarker-candidates-in-pterygium-development. Acesso em 26 de set. 2021.

Downloads

Publicado

2023-09-26

Como Citar

DANIELA JACÓ FERNANDES; ARTHUR FRANZÃO GONÇALVES; CAYO RODOVALHO NASCIMENTO; TROY RICHARD CARNEIRO FILHO. A Análise de recidiva de Pterígio em pacientes submetidos à exérese com uso de Mitomicina C em uma clínica de oftalmologia de Uberlância – MG. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 8, n. 15, 2023. DOI: 10.47224/revistamaster.v8i15.424. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/424. Acesso em: 28 fev. 2024.