Perfil do uso de anticoncepcional em estudantes de medicina

Autores

  • Gabriela Nakano de Paula Santos Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Iara Guimarães Rodrigues Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Eduardo Augusto Silva Oliveira Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Márcio Aurélio da Silva Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Flávia Mariana Mendes Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Christhyane Diniz Santos Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC
  • Maria Cláudia Cândida Rodrigues Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC

DOI:

https://doi.org/10.5935/2447-8539.20180005

Palavras-chave:

Anticoncepção, Conhecimento, Uso terapêutico

Resumo

O objetivo deste estudo foi traçar o perfil do uso de anticoncepcionais em acadêmicas do curso de medicina. Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa, através de questionário estruturado acerca das características sociodemográficas; perfil do uso de anticoncepcionais e conhecimento sobre riscos e consequências do uso. O tamanho da amostra foi fixado em 195, considerando nível de confiança de 95%. A maioria das acadêmicas pertencia a faixa etária de 21 a 24 anos (52, 3%) e 73% relataram fazer o uso de anticoncepcional oral. Além disso, o fato de fazer uso de algum anticoncepcional não apresentou-se associado (p = 0,1695) com a faixa etária, e, ao analisar a troca deste medicamento, verificou-se a associação com o grupo social de convívio (sozinha, com amigas, família e com o companheiro), com (p = 0,0051) e uma tendência do grupo de estudantes com idade superior a 25 anos realizarem o uso de outros contraceptivos, além da pílula anticoncepcional oral. Os dados confirmam que o uso de anticoncepcional oral entre as universitárias é um evento com grande adesão, fato esse não associado com a faixa etária, entretanto, quanto a troca dessa medicação, houve grande influência do convívio social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALKEMA, L.; KANTOROVA, V.; MENOZZI, C.; BIDDLECOM, A. National, regional, and global rates and trends in contraceptive prevalence and unmet need for family planning between 1990 and 2015: a systematic and comprehensive analysis. Lancet. 2013;381(9878):1642-52. DOI:10.1016/S0140-6736(12)62204-1 2. Berquó E, Garcia S, Lima L. Reprodução.

AQUINO, P. S.; BRITO, F.E.V. Perfil sexual de adolescentes universitários de um curso de graduação em enfermagem. Revista Mineira de Enfermagem, v. 16, n. 3, p. 324-329, 2012.

BEREK, J. S. Tratado de ginecologia. 14. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S/A, 2008.

BORGES, A.L.V.; SCHOR, N. Início da vida sexual na adolescência e relações de gênero: um estudo transversal em São Paulo, Brasil, 2002. Caderno de Saúde Pública 2005; 21:499-507.

BRANDÃO, E.R. Iniciação sexual e afetiva: exercício da autonomia juvenil. In: Heilborn ML, organizador. Família e sexualidade. Rio de Janeiro: Editora FGV; 2004.

GIGLIO, M. R. P. et al. Contracepção hormonal segundo a ótica do estudante de medicina: Mais um desafio para o ensino médico brasileiro. Revista Brasileira de Educação Médica[online], p. 502-506, 2015.

HARDY. E.; DUARTE, G.A.; OSIS, M.J.D.; ARCE, X.E.; POSSAN, M. Emergency contraception in Brazil: facilitators and barriers. Caderno de Saúde Pública 2001; 17:1031-5.

MARTINS, L. B.; MOTTA et al. Conhecimento sobre métodos anticoncepcionais por estudantes adolescentes. Revista de Saúde Pública, v. 40, p. 57-64, 2006.

OSIS, M.J.D.; FAÚNDES, A.; SOUSA, M.H.; BAILEY, P. Consequências do uso de métodos anticoncepcionais na vida das mulheres: o caso da laqueadura tubária. Caderno de Saúde Pública 1999;15(3):521-32.

PIROTTA, K.C.M.; SCHOR, N. Intenções reprodutivas e práticas de regulação da fecundidade entre universitários. Revista de Saúde Pública 2004; 38:495-502.

STECKERT, A.N.P. et al. Contraceptivos hormonais orais: utilização e fatores de risco em universitárias. Arquivos Catarinenses de Medicina, 2016;45(1):78-92.

Downloads

Publicado

2018-08-31

Como Citar

SANTOS, G. N. de P.; RODRIGUES, I. G.; OLIVEIRA, E. A. S.; SILVA, M. A. da; MENDES, F. M.; SANTOS, C. D.; RODRIGUES, M. C. C. Perfil do uso de anticoncepcional em estudantes de medicina. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 3, n. 5, p. 37–40, 2018. DOI: 10.5935/2447-8539.20180005. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/29. Acesso em: 18 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>