Impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde atuantes em uma instituição de longa permanência para idosos do município de Araguari-MG: um estudo fenomenológico.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v8i15.367

Palavras-chave:

Saúde Mental, Profissionais de Saúde, Pandemia

Resumo

Introdução: A pandemia de COVID - 19 afetou a saúde mental da população. O contexto de enfrentamento da doença contribuiu para o surgimento de diversas demandas psicoemocionais. Os profissionais de saúde foram particularmente afetados, uma vez que atuaram na linha de frente nas ações de combate ao vírus. Diante desse panorama, as ILPI’s sofreram diversos impactos,  o que acarretou prejuízos na saúde mental tanto dos residentes quanto dos profissionais de saúde atuantes.  Objetivos: Nesse sentido, o objetivo central desta pesquisa foi investigar os possíveis impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde que atuam na atenção ao idoso institucionalizado. Metodologia: O estudo se delineou através de uma abordagem qualitativa e amparado no método fenomenológico de pesquisa proposto por Giorgi. A amostra foi formada pelos profissionais de saúde atuantes em uma ILPI, localizada no município de Araguari - MG. Resultados: Através da análise das entrevistas, foi possível identificar três núcleos de sentidos principais: os impactos psicológicos na vida pessoal; os efeitos das alterações no trabalho desencadeados pelo contexto pandêmico e os mecanismos de enfrentamento utilizados. Conclusão:  A pesquisa demonstrou que a pandemia causou impactos negativos na saúde mental dos profissionais de saúde, pois suscitou diversas alterações emocionais tanto na esfera da vida pessoal quanto no campo das atividades profissionais. Evidenciou-se também o desenvolvimento de mecanismos de enfrentamento que auxiliaram os profissionais a lidarem com os desafios impostos. Contudo, ressalta-se a importância e a necessidade de se desenvolver ações de cuidado à saúde mental dos profissionais de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mak Alisson Borges de Moraes, IMEPAC

Graduado em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia (2013), mestre em psicologia na mesma universidade. Doutor pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura da Universidade de Brasília. Atuou como professor substituto na Universidade Federal do Triângulo Mineiro durante o período de 2016 - 2018 e como professor designado na Universidade Estadual de Minas Gerais - UEMG (unidade Ituiutaba). Atua como docente no Centro Universitário IMEPAC lecionando nos cursos de Medicina, Psicologia e Direito. Membro do GT da ANPEPP Fenomenologia, Saúde e Processos Psicológicos. Membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Psicologia Fenomenológica. Editor Associado da Revista da Abordagem Gestáltica (Phenomenological Studies). Estudante-pesquisador da linha de pesquisa Contribuições da Fenomenologia à Psicologia: investigação fenomenológica dos fenômenos psíquicos, grupo de Pesquisa do Cnpq/Capes. Atua na área acadêmica na linha de pesquisa psicologia e fenomenologia. Suas áreas de pesquisa são principalmente: Fenomenologia e Psicologia; Fenomenologia e psicopatologia; Fenomenologia e Ciências Cognitivas; bases filosóficas da psicologia; História da Psicologia; problema mente-corpo; epistemologia da Psicologia; Fenomenologia de Edith Stein. 

Referências

BARREIRA, C. R. A. & RANIERE, L. P. Aplicação de contribuições de Edith Stein à sistematização de pesquisa fenomenológica em psicologia: a entrevista como fonte de acesso às vivências. In: MAHFOUD, M & M. MASSIMI (Org.). Edith Stein e a psicologia: teoria e pesquisa. Belo Horizonte: Artesã, 2013, p. 449-466.

BORGES, Rancisca Edinária de Sousa et al. Fatores de risco para a síndrome de Burnout em profissionais da saúde durante a pandemia do COVID-19. Revista Enfermagem Atual, [s. l.], 2021. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/835/790 Acesso em: 19 ago. 2022. DOI: https://doi.org/10.31011/reaid-2020-v.94-n.32-art.835

BRASIL.MINISTÉRIO DA SAÚDE. FIOCRUZ. Recomendações e orientações em saúde mental e atenção psicossocial na COVID-19 , [s. l.], p. 42, 2020. Disponível em: https://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/10/livro_saude_mental_covid19_Fiocruz.pdf. Acesso em: 15 ago. 2022.

DA CUNHA AIRES, Mariana et al. Estratégias de enfrentamento (coping) utilizadas por profissionais de saúde durante a pandemia de COVID-19. Espaço para a Saúde, v. 23, 2022. DOI: https://doi.org/10.22421/1517-7130/es.2022v23.e873

DANTAS, Eder Samuel Oliveira. Saúde mental dos profissionais de saúde no Brasil no contexto da pandemia por Covid-19. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, [s. l.], 2021. DOI https://www.scielo.br/j/icse/a/rCWq43y7mydk8Hjq5fZLpXg/?lang=pt&format=html&stop=next. Disponível em: 2021. Acesso em: 18 ago. 2022.

DEWES, J. O. (2013). Amostragem em Bola de Neve e Respondent-Driven Sampling: uma descrição dos métodos. 2013. 75f. Trabalho de Conclusão de Curso, Departamento de Estatística, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

DE MORAIS, Camila Piantavini Trindade et al. Impacto da pandemia na saúde mental dos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente da Covid-19 e o papel da psicoterapia. Brazilian Journal of Development, [s. l.], 7 jan. 2021. Disponível em:https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/22693/18189. Acesso em: 6 jun. 2021. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-113

ESPERIDIÃO, Elizabeth et al. Saúde mental: foco nos profissionais de saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, [s. l.], 2020. DOI https://www.scielo.br/pdf/reben/v73s1/pt_0034-7167-reben-73-s1-e73supl01.pdf. Disponível em: 2020. Acesso em: 15 maio 2021.

GIORGI, Amedeo; SOUSA, Daniel. Método fenomenológico de investigação em psicologia. Lisboa: Fim de século, v. 25, p. 73-91, 2010.

HUANG L, LIN G, TANG L, YU L, ZHOU Z. Special attention to nurses' protection during the COVID-19 epidemic. Crit Care 2020; 24(1):120. DOI: https://doi.org/10.1186/s13054-020-2841-7

FOLKMAN, S.; LAZARUS, R. S. An analysis of coping in a middle-aged community sample. Kango kenkyu. The Japanese journal of nursing research, v. 21, n. 4, p. 337-359, 1988.

KANG L, LI Y, HU S, CHEN M, YANG C, YANG BX, WANG Y, HU J, LAI J, MA X, CHEN J, GUAN L, WANG G, MA H, LIU Z. The mental health of medical workers in Wuhan, China dealing with the 2019 novel coronavírus. Lancet

Psychiatry [Internet]. 2020 Mar [acessado 30 Abr 2020]; 7(3):e14. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32035030

JARRUCHE, Layla Thamm et al. Síndrome de burnout em profissionais da saúde: revisão integrativa. Revista Bioética, [s. l.], 2021. DOI https://www.scielo.br/j/bioet/a/RmLXkWCVw3RGmKsQYVDGGpG/?lang=pt&format=html. Disponível em: 2021. Acesso em: 19 ago. 2022.

LIMA, Sonia Oliveira et al. Reflexão sobre o Estado Físico e Mental dos Profissionais de Saúde em Época de COVID-19. Revista Saúde e Ambiente, [s. l.], 2 mar. 2020. DOI https://periodicos.set.edu.br/saude/issue/view/328. Disponível em: 2020. Acesso em: 28 abr. 2021. DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3798.2020v8n2p142-151

MOREIRA, Wanderson Carneiro; SOUSA, Anderson Reis; NÓBREGA, Maria do Perpétuo Socorro de Sousa. Texto&Contexto Enfermagem. Adoecimento mental na população geral e em profissionais de saúde durante a COVID-19: SCOPING REVIEW, Florianópolis, v. 29, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2020-0215. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-07072020000100208&script=sci_arttext&tlng=pt Acesso em: 28 abr. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.689

MOSER, Carolina Meira et al. Saúde mental dos profissionais da saúde na pandemia do coronavírus (Covid-19). Revista Brasileira de Psicoterapia, [s. l.], 2021. DOI https://cdn.publisher.gn1.link/rbp.celg.org.br/pdf/v23n1a10.pdf. Disponível em: 2021. Acesso em: 19 ago. 2022. DOI: https://doi.org/10.5935/2318-0404.20210009

OLIVEIRA NAZARÉ, et all. Benefícios da Atividade Física para Saúde Mental. Saúde Coletiva [en linea]. 2011, 8(50), 126-130[fecha de Consulta 15 de Agosto de 2022]. ISSN: 1806-3365. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=84217984006

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Pneumonia de causa desconhecida - China: notícias de surto de doença. Genebra: Organização Mundial da Saúde, 5 de janeiro de 2020. Disponível em: https://www.who.int/csr/don/05-january-2020-pneumonia-of-unkown-cause-china/en/s-declara emergencia-de-saude-publica-de-importancia-internacional-em-relacao-a-novo-coronavirus&Itemid=812 Acesso em: 26 abr. 2021.

PRADOA. D. A saúde mental dos profissionais de saúde frente à pandemia do COVID-19: uma revisão integrativa. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 46, p. e4128, 26 jun. 2020. DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e4128.2020

PRIGOL, Adrieli Carla et al. Saúde mental dos profissionais de enfermagem diante da pandemia COVID-19. Research, Society and Development, [s. l.], 29 ago. 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/7563 Acesso em: 18 ago. 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7563

ROCHA, Fábio Lopes e et al. Doença mental e estigma. Revista Médica de Minas

Gerais, [s. l.], 18 mar. 2015. Disponível em: http://www.rmmg.org/artigo/detalhes/1876#:~:text=O%20estigma%20relacionado%2

%C3%A0%20doen%C3%A7a,realizado%20e%20onde%20a%20equipe Acesso em: 29 abr. 2021.

STROPPA, A. & MOREIRA-ALMEIDA, A. (2008) Religiosidade e saúde. Saúde e espiritualidade: uma nova visão da medicina. Belo Horizonte: Inede, p. 427-443.

TEIXEIRA, Carmen Fontes de Souza et al. A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciência & Saúde Coletiva. v. 25, n. 9 [Acessado 28 Abril 2021] , pp. 3465-3474. DOI::<https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020>. ISSN 1678-4561. 2020. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/noticia/coronavirus-brasil-confirma-primeiro-caso-da-doenca Acesso em: 26 abr. 2021 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020

Downloads

Publicado

2023-07-14

Como Citar

BORGES DE MORAES, M. A.; OKADA YAMAGAMI, E. .; COIMBRA MUNDIM, G. . Impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde atuantes em uma instituição de longa permanência para idosos do município de Araguari-MG: um estudo fenomenológico. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 8, n. 15, 2023. DOI: 10.47224/revistamaster.v8i15.367. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/367. Acesso em: 22 jun. 2024.