Jejum intermitente correlacionado à prevenção de doenças cardiovasculares e síndromes metabólicas

Publicado
2020-07-27
Palavras-chave: dislipidemia, doença cardiovascular, jejum, restrição calórica, síndrome metabólica

    Autores

  • Christivany Lucia de Sousa Sousa IMEPAC
  • Marks Marquez Cruvinel Júnior Júnior IMEPAC
  • Raphael Figueiredo de Rezende Rezende IMEPAC
  • Valdivino Soares de Oliveira Júnior Júnior IMEPAC
  • Raphael Figueiredo de Rezende Rezende IMEPAC
  • Lucivânia Marques Pacheco Pacheco IMEPAC

Resumo

Jejum Intermitente tem sido objeto de vários estudos, sobretudo por sua prática ter demonstrado grandes benefícios fisiológicos para o corpo humano. Esta revisão de literatura objetiva demonstrar a eficácia do Jejum Intermitente no combate/controle de doenças crônicas não transmissíveis e de doenças metabólicas.  Trata-se de uma Revisão de Literatura feita a partir de artigos publicados nos últimos 10 anos na bases de dados: Scielo, PubMed, Research Gate e Google Scholar. A estratégia de busca incluiu os seguintes descritores: jejum, doença cardiovascular, obesidade, síndrome metabólica, restrição calórica, dislipidemia, prevenção. O estudo demonstrou que, dentre os efeitos benéficos da dieta intermitente, destaca-se sua ação na redução de gordura visceral e de colesterol total, promovendo melhoras nos parâmetros de tecido adiposo, composição corporal e perfil da adiponectina, ou seja, o jejum atua como mediador na prevenção dos fatores de risco de doenças cardiovasculares. Outro fator que merece destaque é a comprovada eficácia da dieta intermitente na prevenção do Diabetes tipo II, a partir do momento em que promove melhoras na sensibilidade à insulina. Ademais, a restrição calórica acende a hipótese de redução do estresse oxidativo, fator de risco para diversas patologias, como o câncer. O estudo evidenciou a importância do Jejum Intermitente no combate às doenças crônicas não transmissíveis e doenças metabólicas. Necessita-se, todavia, de estudos mais aprofundados para se definir com exatidão qual o melhor protocolo de jejum intermitente a ser seguido para que seja possível trazer os melhores benefícios à saúde da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BASILIO, P. G. Análise da capacidade funcional, perfil metabólico e morfologia do miocárdio de ratos submetidos a dieta intermitente e exercício físico. 2016. Dissertação de Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste. UFMS. Campo Grande, 2016.

FERREIRA, K. G. B. Jejum intermitente: uma revisão de literatura. 2017. 21 f. Artigo final Graduação em Nutrição. Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2017 Disponível em: http://oasisbr.ibict.br/vufind/Record/UCB-2_21fd9db2442d39447fdd477162e3aadf/Description#tabnav. Acesso em 13/10/2018.

FONTANA, L. ; PARTRIDGE, L. Promoting health and longevity through diet: from model organisms to humans. Cell, v. 161, n. 1, p. 106-118, 2015.

HORNE, B. D.; MUHLESTEIN, J. B.; ANDERSON, J. L. Health effects of intermittent fasting: hormesis or harm? A systematic review. The American journal of clinical nutrition, v. 102, n. 2, p. 464-470, 2015.

SOUSA, B. S.de. Os efeitos do jejum intermitente nos marcadores bioquímicos e antropométricos. 2016. 16 f. Artigo final Graduação em Nutrição. Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2016. Disponível em: http://oasisbr.ibict.br/vufind/Record/UCB-2_21fd9db2442d39447fdd477162e3aadf/Description#tabnav. Acesso em 13/10/2018.

Como Citar
SOUSA, C. L. DE S.; JÚNIOR, M. M. C. J.; REZENDE, R. F. DE R.; JÚNIOR, V. S. DE O. J.; REZENDE, R. F. DE R.; PACHECO, L. M. P. Jejum intermitente correlacionado à prevenção de doenças cardiovasculares e síndromes metabólicas. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 5, n. 9, p. 39-43, 27 jul. 2020.