Segurança no trabalho em armazéns de café

uma análise pontual de uma empresa da cidade de Araguari-MG

Autores

  • Danilo Faria de Moura Centro Universitário IMEPAC Araguari
  • Emanuel Soares Ponciano
  • Bianca Elissa da Silva Brasão
  • Lilian Tae Hamada

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v6i11.144

Palavras-chave:

Segurança no Trabalho, Normas Regulamentadoras, Treinamento

Resumo

As pessoas têm passado cada vez mais tempo de suas vidas no trabalho, assim a segurança no trabalho é uma pauta que resguarda a saúde e a vida do colaborador e a empresa. Este artigo tem como objetivo principal analisar os aspectos referentes à segurança no trabalho de uma empresa de prestação de serviços de armazenagem de café e seus produtos derivados situada no município de Araguari-MG. Seu desenvolvimento se deu por meio da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez e tem como temática: Segurança no Trabalho.    A partir dos pontos inicialmente observados foram elaboradas propostas para solução de possíveis problemas detectados no que tange a temática em voga. Ganharam destaques o desconhecimento e aplicação das NRs (Normas Regulamentadoras), inadequação ergonômica dos ambientes e posições de trabalho e irregularidades referentes ao uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). A proposta de aplicação, a promoção de treinamento realizado por um especialista em segurança no trabalho, não foi possível de ser concretizada em virtude da pandemia da Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABITANTE, A. L. Segurança do trabalho e saúde ocupacional. Porto Alegre: SAGAH, 2017.
BARSANO, Paulo Roberto; BARBOSA, Rildo Pereira. Segurança do Trabalho Guia Prático e Didático. 2. ed. São Paulo: Érica, 2018.
BENEDITO, C. Segurança no trabalho e prevenção de acidentes: uma abordagem holística. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2016.
BRASIL. Ministério do Trabalho. NR 1: disposições gerais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 06 jul. 1978. Atualizada em 2009. Disponível em: <http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR1.pdf>. Acesso em: 11 maio 2020
BRASIL. Ministério do Trabalho. NR 6: Equipamento de Proteção Individual - EPI. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 06 jul. 1978. Atualizada em 2017. Disponível em: <http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR6.pdf>. Acesso em: 11 maio 2020
BRASIL. Ministério do Trabalho. NR 17: ergonomia. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 06 jul. 1978. Atualizada em 2007. Disponível em: <http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR17.pdf>. Acesso em: 11 maio 2020.
CISZ, Cleiton Rodrigo. Conscientização do uso de EPI’S, quanto à segurança pessoal e coletiva. 2015.
CHIBINSKI, Murilo. Introdução a segurança do trabalho. Curitiba: e-Tec. 2016.
FUNDACENTRO. Brasil registra 17 mil mortes e 4 milhões de acidentes de trabalho. Disponível em: <http://www.fundacentro.gov.br/noticias/detalhe-danoticia/2019/4/acoes-regressivas-gestao-de-riscos-e-impacto-dos-acidentes-detrabalho-foram-temas-de-debate>. Acesso em 15 maio 2020.
IDALBERTO, C. Treinamento e desenvolvimento de recursos humanos: como incrementar talentos na empresa. 7 ed. Barueri: Manole, 2015.
MCSHANE, Steven L., VON GLINOW, Mary Ann. Comportamento Organizacional. 6. ed. AMGH, 2014.
OLIVEIRA, Luciano Oliveira de. Gestão estratégica de recursos humanos. 2. ed. Porto Alegre: SAGAH, 2017.
ZANELLI, J. C. Estresse nas organizações de trabalho: compreensão e intervenção baseadas em evidências. Porto Alegre: Artmed, 2009.

Downloads

Publicado

2021-08-30

Como Citar

MOURA, D. F. de; SOARES PONCIANO, E. .; DA SILVA BRASÃO, B. E.; TAE HAMADA, L. Segurança no trabalho em armazéns de café: uma análise pontual de uma empresa da cidade de Araguari-MG. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 56–64, 2021. DOI: 10.47224/revistamaster.v6i11.144. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/144. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Extensão Universitária - Projetos Integradores

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>