O ensino das lutas no ambiente escolar: uma revisão narrativa.

Autores

  • Pedro Gimenes Curcino Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC Araguari
  • Gabriel Borges Raniero Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC Araguari
  • Rafael Reis Cunha Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC Araguari
  • Lorena Pereira Valadão. Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC Araguari
  • Jaqueline Pontes Batista Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC Araguari

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v8i15.294

Palavras-chave:

desenvolvimento motor; lutas; psicomotricidade; escolas; infância

Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar as contribuições do ensino das lutas no ambiente escolar na psicomotricidade no período da infância. A pesquisa trata-se de uma revisão narrativa, sendo efetuado um levantamento nas bases de dados Google acadêmico e Scielo. A abordagem dos temas decorreu da análise e discussão das ideias apresentadas por diferentes estudos. Após a investigação, observou-se que o ensino de lutas na escola pode auxiliar o desenvolvimento cognitivo, afetivo e social da criança. Muito tem discutido sobre sua implantação, devido algumas concepções equivocadas que relaciona o esporte com comportamentos violentos. Outra limitação encontrada foi na formação acadêmica docente, que apresenta deficiências na estrutura de ensino, fato que impede o ensino das lutas nas aulas de educação física. Evidenciou-se também dificuldades dos professores em manusear a psicomotricidade no ensino das lutas, demonstrando um certo desconhecimento no entendimento do conceito, desconsiderando desse modo, a importância dos aspectos cognitivos e afetivos para o desenvolvimento integral do aluno. Dessa forma, concluímos que o professor deve possuir uma formação que possibilite a compreensão de metodologias que ampliem seu conhecimento, rompendo com estereótipos relacionados ao desenvolvimento das lutas nas aulas de Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Jéssica. Educa mais Brasil. LUTAS. Disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/educacao-fisica/lutas. Acesso em: 12 abr. 2022.

ALTMANN, H. Rompendo fronteiras de gênero: Marias (e) homens na educação física. Dissertação de mestrado em educação. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

BARROS, André Minuzzo.; GABRIEL, Ricardo Ziotti.; DARIDO, Suraya Cristina. Educação física escolar: compartilhando experiências. São Paulo: Phorte, 2011.

BERRIA, Juliane.; BEVILACQUA, Lidiane Amanda.; CASTRO, Tatiele Marques Rodrigues de.; DARONCO, Luciane SanchoteneEtchepare.;. O gênero nas aulas de Educação Física: questões e conflitos. n.143, 2020. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd143/o-genero-nas-aulas-de-educacao-fisica.htm. Acesso em: 02 de mai. 2022.

BETTI, Irene Rangel. Esporte na escola: mas é só isso professor? Motriz, Rio Claro, v. 1, n. 1, p. 25-31, 1995.

BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente: Brasília, DF, p. 1 – 232, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/mdh/pt-br/assuntos/noticias/2021/julho/trinta-e-um-anos-do-estatuto-da-crianca-e-do-adolescente-confira-as-novas-acoes-para-fortalecer-o-eca/ECA2021_Digital.pdf.

Bois, J. E., Sarrazin, P. G., Brustad, R. J., Trouilloud, D. O., & Cury, F. (2005). Elementary schoolchildren’s per-ceived competence and physical activity involvement: The influence of parents’ role modeling behaviors and perceptions of their child’s competence. Psychology of Sport and Exercise, 6(4), 381-397. DOI: https://doi.org/10.1016/j.psychsport.2004.03.003

CARNEIRO, Pedro. Lutas: Esporte ou violência? Disponível em: http://mmabrasil.com.br/lutas-esporte-ou-violencia. Acesso em: 01 jun. 2022.

Conteúdos pedagógicos metodologias. Como trabalhar a igualdade de gênero na Educação Física. Disponível em: https://educacaointegral.org.br/metodologias/como-trabalhar-a-igualdade-de-genero-na-educacao-fisica/. Acesso em: 02 mai. 2022.

DARIDO, Suraya. Cristina. et al. Livro didático na educação física escolar: Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 2, p. 450-457, 2010. DOI: https://doi.org/10.5016/1980-6574.2010v16n2p450

DANTAS, Junior. Conceitos e práticas em educação ambiental na escola. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao3.pdf. Acesso em: 01 jun. 2022. Acesso em: 01 jun. 2022

FERREIRA, H. S. Ensino de Lutas na Escola. Fortaleza: Peter Rohl Edição e Comunicação, 2012.

FREITAS, Milena de Bem Zavanella. Classificação dos esportes. Disponível em: https://www.institutoclaro.org.br/educacao/para-ensinar/planos-de-aula/classificacao-dos-esportes/. Acesso em: 01 jun. 2022.

FISHMANN, Robert. Estratégias de superação da discriminação étnica e religiosa no Brasil. In: PINHEIRO, P. S..; GUIMARÃES. S. P. (org.) Direitos Humanos no século XXI. Rio de Janeiro: Fundação Alexandre de Gusmão, 1998. p. 959-985.

Guerra, S., Oliveira, J., Ribeiro, J. C., Teixeira-Pinto, A., Duarte, J. A., & Mota, J. (2003). Relação entre a atividade física regular e a agregação de fatores de risco biológicos das doenças cardiovasculares em crianças e adolescentes. DOI: https://doi.org/10.1590/S1519-38292003000100003

MATIAS Catarina. FRUSTRAÇÃO,Saúde Bem Estar. Disponível em: https://www.saudebemestar.pt/pt/blog/psicologia/frustracao/#:~:text=A%20frustra%C3%A7%C3%A3o%20tem%2C%20ainda%20assim,fazer%20melhor%20numa%20pr%C3%B3xima%20tentativa.

Acesso em: 01 jun. 2022.

MIRANDA, Luiz Henrique; JESUS, Dayane; MELO, Ana Luiza; ESPERANÇA, Rodrigo, Educação Física escolar: principais formas de preconceito, n.117, ano 2008. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes. Acesso em: 14 de mai. 2022.

NOGUEIRA, Victor Lailson dos Santos.; PEREIRA, Carlos Alexandre Holanda.; MEDEIROS, Jarles Lopes de. As contribuições da psicomotricidade para o ensino de lutas na escola. Revista Cocar, v. 15, n. 32, p. 1 – 16, 2021. Disponível em: file:///C:/Users/usuario%201/Desktop/As+contribui%C3%A7%C3%B5es+da+psicomotricidade+para+o+ensino+de+lutas+na+escola.pdf. Acesso em: 14 mai. 2022.

RIZZO, Flávia Ananias.; GOMES, Renata Gonçalves.; DIAS, Caroline Balbieri.; BARROSO, André Luís Ruggiero. Lutas na base nacional comum curricular: unidades didáticas para o ensino fundamental. Revista Acadêmica Digital Intellectus, v. 61, n. 1, p. 80 – 99, 2020. Disponível em: http://www.revistaintellectus.com.br/artigos/70.874.pdf. Acesso em: 14 mai. 2022.

SILVA, Jaqueline de.; CARDOSO, Allana Alexandre.; PEREIRA, Marcos Paulo Vaz de Campos.; FARIAS, Gelcemar Oliveira. Ensino das lutas na educação física escolar: um relato de experiência fundamentado no ensino centrado no aprendiz. Revista Prática Docente, v. 5, n. 2, p. 823 – 842, 2020. Disponível em: https://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/760/364. Acesso em: 14 mai. 2022. DOI: https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n2.p823-842.id760

SILVA, Juliano Vieira da.; SILVA, Márcio Haubert da.; GONÇALVES, Patrick da Silveira.; COSTA, Rochelle Rocha. Crescimento e desenvolvimento humano e aprendizagem motora. Porto Alegre: Ledur Serviços Editoriais Ltda, 2018.

SILVA, Blayan.; MITHIDIERI, Otávio.; NOVIKOFF, Cristina. A Inclusão das Lutas Nas Aulas de Educação Física Escolar. EFDeportes.com, Revista Digital. n. 192, 2019. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd192/lutas-nas-aulas-de-educacao-fisica-escolar.htm. Acesso em: 02 mai. 2022

SILVA, Paulo Vinicius Carvalho.; JÙNIOR, ÀDERSON Luiz Costa. Revista Brasileira de Saúde Materno-Infantil, 3(1), 9-15. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/psicologiaargumento/article/view/19915/19213. Acesso em: 01 jun. 2022.

SOUSA, E. S.; ALTMANN, Helena. Meninos e meninas: Expectativas corporais e implicações na educação física escolar. Cadernos Cedes, n. 48, 1999. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-32621999000100004

RÈ, Alessandro H. Nicolai. Crescimento, maturação e desenvolvimento na infância e adolescência: implicações para a prática esportiva. Journal Motricidade, v. 7, n. 3, p. 55 – 67, 2010. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/103/94. DOI: https://doi.org/10.6063/motricidade.7(3).103

RUFINO, Luiz. Gustavo. Bonatto.; DARIDO, Suraya. Cristina. A separação dos conteúdos das “lutas” dos “esportes” na Educação Física escolar: necessidade ou tradição? Pensar a Prática, Goiânia, v. 14, n. 3, p. 117, 2011. DOI: https://doi.org/10.5216/rpp.v14i3.12202

Downloads

Publicado

2023-07-14

Como Citar

GIMENES CURCINO, P.; BORGES RANIERO , G. .; REIS CUNHA, R. .; PEREIRA VALADÃO. , L. .; PONTES BATISTA, J. . O ensino das lutas no ambiente escolar: uma revisão narrativa. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 8, n. 15, 2023. DOI: 10.47224/revistamaster.v8i15.294. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/294. Acesso em: 21 jun. 2024.