Reações adversas em estudantes da saúde após imunização contra COVID-19 em Araguari, Brasil:

um estudo transversal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v8i16.472

Palavras-chave:

Efeitos adversos, Imunização, COVID-19, Pandemias, Estudos transversais

Resumo

A recente pandemia pela COVID-19 tem representado ameaça mundial à saúde, com milhões de mortes globalmente. Este trabalho objetivou evidenciar os efeitos adversos manifestados em acadêmicos de medicina imunizados com as vacinas CoronaVac ou AstraZeneca contra a COVID-19 em Araguari, Brasil. Os autores realizaram um estudo transversal, analisando faixa etária, sexo, estilo de vida, autopercepção de saúde e reações adversas locais e sistêmicas segundo períodos da vacinação, com análise estatística descritiva do tipo qualiquantitativa. O número amostral compreendeu 91 participantes, os quais declararam ter tomado pelo menos a primeira dose de um dos imunizantes. Dentre as reações adversas relatadas no dia da primeira dose, 84,61% apresentaram dor no local da aplicação e 54,94% apresentaram fadiga. 48,97% dos indivíduos referiram alguma reação sistêmica que pode ser associada à vacina no dia da segunda dose, sendo a mais prevalente dor no local da aplicação (69,38%) e fadiga (32,65%). Portanto, as reações adversas mais relatadas foram fadiga e dor no local da aplicação. O presente estudo não constatou associações entre as reações adversas e o estilo de vida, sexo, idade ou autopercepção de saúde. Houve maior ocorrência de efeitos adversos após aplicação da primeira dose quando comparada à segunda dose. Não houve relatos de efeitos adversos graves ou fatais, o que evidencia a segurança das vacinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARVALHO, J. C. et al. Hypersensitivity reactions to vaccines: current evidence and standards for SARS-CoV-2 vaccines. Acta Médica Portuguesa, [s. l.], v. 34, n. 7-8, p. 541-547, 30 jun. 2021. Disponível em: https://www.actamedicaportuguesa.com/revista/index.php/amp/article/view/16096. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.20344/amp.16096

CHEN, C.; ZHAO, B. Makeshift hospitals for COVID-19 patients: where health-care workers and patients need sufficient ventilation for more protection. Journal of Hospital Infection, [s. l.], v. 105, n. 1, p. 98-99, 10 mar. 2020. Disponível em: https://www.journalofhospitalinfection.com/article/S0195-6701(20)30107-9/fulltext. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jhin.2020.03.008

ESTEVÃO, A. COVID-19. Acta Radiológica Portuguesa, [s. l.], v. 32, n. 1, p. 5-6, 1 abr. 2020. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/19800. Acesso em: 17 nov. 2021.

KASKELIS, A. G. et al. Efeitos adversos das vacinas contra COVID-19 nos trabalhadores da saúde do município de Campo Mourão – PR. In: CASTRO, L. H. A. (org.). COVID-19: reflexões das ciências da saúde e impactos sociais. Ponta Grossa: Atena, 2021. cap. 11, p. 114-122. ISBN 978-65-5983-573-7. Disponível em: https://www.atenaeditora.com.br/catalogo/ebook/covid-19-reflexoes-das-ciencias-da-saude-e-impactos-sociais. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.22533/at.ed.73721081011

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). Secretaria de Vigilância em Saúde. Plano nacional de operacionalização da vacinação contra a COVID-19. 4. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2021. 189 p. Disponível em: https://prefeitura.pbh.gov.br/sites/default/files/estrutura-de-governo/saude/2021/ministerio%20da%20saude/2021_02_15-plano-nacional-de-operacionalizacao-da-vacinacao-4-edicao.pdf. Acesso em: 17 nov. 2021.

ONG, S. W. X. et al. Air, surface environmental, and personal protective equipment contamination by severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) from a symptomatic patient. The Journal of the American Medical Association, [s. l.], v. 323, n. 16, p. 1610-1612, 4 mar. 2020. Disponível em: https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticle/2762692. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.1001/jama.2020.3227

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Folha informativa sobre COVID-19. In: Organização Pan-Americana da Saúde. Washington (US), 2021. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19#:~:text=Foram%20confirmados%20no%20mundo%2099.864,27%20de%20janeiro%20de%202021. Acesso em: 30 jan. 2021.

SINGHAL, T. A review of coronavirus disease-2019 (COVID-19). The Indian Journal of Pediatrics, [s. l.], v. 87, n. 4, p. 281–286, 13 mar. 2020. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s12098-020-03263-6. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.1007/s12098-020-03263-6

VACINA ADSORVIDA COVID-19 (INATIVADA): Suspensão injetável. Responsável técnico Alina Souza Gandufe. São Paulo: SINOVAC Life Sciences Co., Ltd., 2021. 1 bula de vacina. 8 p. Disponível em: https://vacinacovid.butantan.gov.br/assets/arquivos/Bulas_Anvisa/Bula_PS_vacina%20adsorvida%20covid-19%20(inativada).pdf. Acesso em: 17 nov. 2021.

VACINA COVID-19 (RECOMBINANTE): suspensão injetável. Responsável técnico Maria da Luz F. Leal. Rio de Janeiro: Bio-Manguinhos/Fiocruz, 2021. 1 bula de vacina. 26 p. Disponível em: https://www.bio.fiocruz.br/images/bula-vacina-covid-19-recombinante-vps-010.pdf. Acesso em: 17 nov. 2021.

VAN DOREMALEN, N. et al. Aerosol and surface stability of SARS-CoV-2 as compared with SARS-CoV-1. The New England Journal of Medicine, [s. l.], v. 382, n. 16, p. 1564-1567, 16 abr. 2020. Disponível em: https://www.nejm.org/doi/10.1056/NEJMc2004973. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.1056/NEJMc2004973

VELAVAN, T. P.; MEYER, C. G. The COVID-19 epidemic. Tropical Medicine & International Health, [s. l.], v. 25, n. 3, p. 278-280, mar. 2020. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/tmi.13383. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.1111/tmi.13383

YUNG, C. F. et al. Environment and personal protective equipment tests for SARS-CoV-2 in the isolation room of an infant with infection. Annals of Internal Medicine, [s. l.], v. 173, n. 3, p. 240-242, 4 ago. 2020. Disponível em: https://www.acpjournals.org/doi/10.7326/M20-0942. Acesso em: 17 nov. 2021. DOI: https://doi.org/10.7326/M20-0942

Downloads

Publicado

2023-12-14

Como Citar

LOPES, P. B. A. S.; GUIMARÃES, T. M. F.; FERREIRA, C. G.; MORAIS, V. L.; FALEIROS, M. L. D.; GUIDOUX, J. R. O. Reações adversas em estudantes da saúde após imunização contra COVID-19 em Araguari, Brasil:: um estudo transversal. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 8, n. 16, 2023. DOI: 10.47224/revistamaster.v8i16.472. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/472. Acesso em: 22 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)