Programa Nacional de Humanização: implantação na unidade de terapia intensiva em um hospital público de uma cidade do interior de Minas Gerais

Autores

  • Danilo Faria de Moura Centro Universitário IMEPAC Araguari
  • Emanuel Soares Ponciano
  • Vinicius Bruno Petris Valentim Cortes
  • Lilian Tae Hamada https://orcid.org/0000-0001-7869-5859

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v6i11.112

Palavras-chave:

Programa Nacional de Humanização, Treinamento hospitalar, UTI

Resumo

O PNH (Programa Nacional de Humanização) foi criado com o intuito de dar um acolhimento a todos os pacientes que utilizam o SUS. Sabe-se que nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) os profissionais de saúde enfrentam situações de grande estresse ligadas ao estado grave e delicado de seus pacientes. Utilizando a metodologia do Arco de Maguerez objetiva-se evidenciar a presença das diretrizes propostas pelo PNH na UTI em um hospital público de uma cidade do interior de Minas Gerais. A partir desse diagnóstico, serão levantadas possíveis soluções para acolhimento de pacientes, familiares e profissionais da saúdes envolvidos nessa empreitada. Observou-se que a situação de exposição à COVID-19 e o estado alarmante de pandemia conduzem os profissionais da saúde para um estado de esgotamento e medo. Em virtude dessa pandemia, e, consequentemente, o aumento de trabalho nas UTIs, não se fez possível a aplicação à realidade das hipóteses de solução levantadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

O PNH (Programa Nacional de Humanização) foi criado com o intuito de dar um acolhimento a todos os pacientes que utilizam o SUS. Sabe-se que nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) os profissionais de saúde enfrentam situações de grande estresse ligadas ao estado grave e delicado de seus pacientes. Utilizando a metodologia do Arco de Maguerez objetiva-se evidenciar a presença das diretrizes propostas pelo PNH na UTI em um hospital público de uma cidade do interior de Minas Gerais. A partir desse diagnóstico, serão levantadas possíveis soluções para acolhimento de pacientes, familiares e profissionais da saúdes envolvidos nessa empreitada. Observou-se que a situação de exposição à COVID-19 e o estado alarmante de pandemia conduzem os profissionais da saúde para um estado de esgotamento e medo. Em virtude dessa pandemia, e, consequentemente, o aumento de trabalho nas UTIs, não se fez possível a aplicação à realidade das hipóteses de solução levantadas.

Downloads

Publicado

2021-08-30

Como Citar

MOURA, D. F. de; PONCIANO , E. S.; CORTES, V. B. P. V. .; HAMADA, L. T. . Programa Nacional de Humanização: implantação na unidade de terapia intensiva em um hospital público de uma cidade do interior de Minas Gerais. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 48–55, 2021. DOI: 10.47224/revistamaster.v6i11.112. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/112. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Extensão Universitária - Projetos Integradores

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>