Associação entre a qualidade de vida e incapacidade em pessoas vivendo com psoríase

Autores

  • Isadora Monteiro Matos Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil
  • Amanda Pereira Mocellin Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil.
  • Dayme Freitas Guimarães Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil.
  • Luiz Duarte Ulhôa Rocha Júnior Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia/MG, Brasil
  • Alexandre Gonçalves Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil.
  • Leonardo Gomes Peixoto Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil.
  • Hugo Ribeiro Zanetti Centro Universitário IMEPAC - Araguari, Minas Gerais, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.47224/revistamaster.v7i14.332

Palavras-chave:

psoríase, QVRS, incapacidade, dermatologia

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar associação entre a qualidade de vida e incapacidade em pessoas vivendo com psoríase (PVP). Trata-se de um estudo transversal quantitativo realizado entre julho de 2021 e janeiro de 2022 com a participação de PVP com idade entre 18 e 65 anos. Cento e quatorze PVP responderam, em formato online, a três questionários sendo (i) questionário sociodemográfico, (ii) índice de qualidade de vida em dermatologia (DLQI) e (iii) índice de incapacidade causada pela psoríase (PDI). Para a correlação entre os escores do DLQI e os domínios do PDI além das correlações com as variáveis renda familiar, faixa etária e nível educacional, foi utilizado coeficiente de correlação de Spearman, tendo nível de significância quando p <0,05. Não foram encontradas diferenças significativas entre os sexos, nível educacional, região de moradia e histórico familiar entre os escores dos domínios do PDI e do DLQI. O DLQI correlacionou-se com os domínios de atividades diárias (r= -0,43, p<0,01), escola ou trabalho (r= -0,34, p<0,01), lazer (r= 0,61, p<0,01) e tratamento (r= 0,18, p=0,05). O domínio atividades diárias correlacionou-se com escola ou trabalho (r= 0,35, p<0,01), relações pessoais (r= 0,33, p<0,01) e tratamento (r= 0,19, p=0,03). O domínio escola ou trabalho correlacionou-se com relações pessoais (r= 0,35, p<0,01) e tratamento (r= 0,19, p=0,03). Relações pessoais apresentou correlação com tratamento (r= 0,25, p<0,01) e lazer correlacionou-se com tratamento (r= 0,2, p= 0,03). Concluímos que a psoríase causa reduz a qualidade de vida e provoca prejuízos no cotidiano das pessoas acometidas pela doença.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMIN, M.; LEE, E. B.; TSAI, T. F.; WU, J. J. Psoriasis and Co-morbidity. Acta Derm Venereol, v. 100, n. 3, p. adv00033, 2020. DOI: https://doi.org/10.2340/00015555-3387

BU, J. et al. Epidemiology of Psoriasis and Comorbid Diseases: A Narrative Review. Front Immunol, v. 13, p. 880201, 2022. DOI: https://doi.org/10.3389/fimmu.2022.880201

CRONBACH, L. J. Coefficient alpha and the internal structure of tests. Psychometrika, v. 16, n. 3, p. 297-334, 1951. DOI: https://doi.org/10.1007/BF02310555

FELDMAN, S. R.; MALAKOUTI, M.; KOO, J. Y. Social impact of the burden of psoriasis: effects on patients and practice. Dermatol Online J, v. 20, n. 8, 2014. DOI: https://doi.org/10.5070/D3208023523

HARIRAM, P. et al. Quality of life in psoriasis patients in KwaZulu Natal, South Africa. Indian J Dermatol Venereol Leprol, v. 77, p. 333-334, 2011 DOI: https://doi.org/10.4103/0378-6323.79716

HUGH, J. M.; WEINBERG, J. M. Update on the pathophysiology of psoriasis. Cutis, v. 102, n. 5S, p. 6-12, 2018.

KOURIS, A. et al. Psychological parameters of psoriasis. Psychiatriki, v. 28, n. 1, p. 54-59, 2017. DOI: https://doi.org/10.22365/jpsych.2017.281.54

LAHOUSEN, T. et al. Differences Between Psoriasis Patients and Skin-healthy Controls Concerning Appraisal of Touching, Shame and Disgust. Acta Derm Venereol, v. 96, n. 217, p. 78-82, 2016.

LEINO, M. et al. Perceived impact of psoriasis on leisure-time activities. Eur J Dermatol, v. 24, n. 2, p. 224-228, 2014. DOI: https://doi.org/10.1684/ejd.2014.2282

MARTINS, G. A.; ARRUDA, L.; MUGNAINI, A. S. B. Validação de questionários de avaliação da qualidade de vida em pacientes de psoríase. J Anais Brasileiros de Dermatologia, v. 79, p. 521-535, 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/S0365-05962004000500002

MARQUES, P. P.; RODRIGUES, C. L. S. Qualidade de vida de pacientes com psoríase: avaliação do índice de incapacidade. Arq Ciênc Saúde, v. 18, n. 2, p. 73-76, 2011.

MATTILA, K. et al. Influence of psoriasis on work. Eur J Dermatol, v. 23, n. 2, p. 208-211, 2013. DOI: https://doi.org/10.1684/ejd.2013.1969

MENTER, M. A.; GRIFFITHS, C. E. Psoriasis: the future. Dermatol Clin, v. 33, n. 1, p. 161-166, 2015. DOI: https://doi.org/10.1016/j.det.2014.09.012

NICHOLAS, M. N.; GOODERHAM, M. Psoriasis, Depression, and Suicidality. Skin Therapy Lett, v. 22, n. 3, p. 1-4, 2017. DOI: https://doi.org/10.1177/1203475416685078

NUNNALLY, J. C. Psychometric theory 3E. Tata McGraw-hill education, 1994.

NYUNT, W. W. T. et al. Determinants of health-related quality of life in psoriasis patients in Malaysia. Asia Pac J Public Health, v. 27, n. 2, p. 662-673, 2015. DOI: https://doi.org/10.1177/1010539513492561

Organização Mundial de Saúde. The World Health Organization quality of life assessment (WHOQOL): position paper from the World Health Organization. Social Sc & Med, v. 41, n. 10, p. 1403-1409, 1995. DOI: https://doi.org/10.1016/0277-9536(95)00112-K

ROMITI, R. et al. Psoríase na infância e na adolescência. Educação médica continuada, v. 84, n. 1, p. 9-22, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0365-05962009000100002

ROUSSET, L.; HALIOUA, B. Stress and psoriasis. Int J Dermatol, v. 57, n. 10, p. 1165-1172, 2018. DOI: https://doi.org/10.1111/ijd.14032

SAMPOGNA, F. et al. Living with psoriasis: prevalence of shame, anger, worry, and problems in daily activities and social life. Acta Derm Venereol, v. 92, n. 3, p. 299-303, 2012. DOI: https://doi.org/10.2340/00015555-1273

SILVA, K.S.; SILVA, E. A. T. Psoríase e sua relação com aspectos psicológicos, stress e eventos da vida. Estud. psicol. (Campinas), Campinas, v. 24, n. 2, p. 257-266, 2007 . DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-166X2007000200012

YANG, H.; ZHENG, J. Influence of stress on the development of psoriasis. Clin Exp Dermatol, v. 45, n. 3, p. 284-288, 2020. DOI: https://doi.org/10.1111/ced.14105

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

MATOS, I. M.; MOCELLIN, A. P.; GUIMARÃES, D. F.; ROCHA JÚNIOR, L. D. U. .; GONÇALVES, A.; PEIXOTO, L. G.; ZANETTI, H. R. Associação entre a qualidade de vida e incapacidade em pessoas vivendo com psoríase. Revista Master - Ensino, Pesquisa e Extensão, [S. l.], v. 7, n. 14, 2022. DOI: 10.47224/revistamaster.v7i14.332. Disponível em: https://revistamaster.imepac.edu.br/RM/article/view/332. Acesso em: 22 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)